quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Previsões políticas para 2009


Após as legislativas, quando convidado pelo PS para uma coligação no governo, Francisco Louçã reage da seguinte forma: "Governar? Mas como assim, governar do tipo nós a fazer leis e a ter responsabilidades e tal? Ou é aquele governar do género epah orienta aí o xito à malta?"


O PCP, após conquistar nas autárquicas apenas Juntas e Câmaras no Alentejo, de forma inesperada, convoca todos os seus militantes para um congresso de emergência onde é decidida a formação do CLACE - Comunistas pela Libertação Alentejana do Capital Estrangeiro, iniciando-se assim a luta pela independência do Alentejo e o reconhecimento por parte da comunidade internacional do seu estatuto enquanto Estado autónomo. José Sócrates e Cavaco Silva, apanhados de surpresa com o êxodo de todos os comunistas para a terra das açordas, após 60 segundos sempre ali a reflectir, resolvem que "ok, até é um favor que nos fazem" e acedem às exigências do CLACE. No entanto, passados apenas 3 meses, por falecimento de todos os seus militantes com idades acima dos 75 anos, que correspondem a 93% do universo comunista, por recusa do Banco Central Europeu em reconhecer o azeite como moeda oficial alentejana e por deserção dos restantes 7%, teenagers rebeldes com as calças rotas e os bolsos cheios que decidem que afinal isto de ser comuna já não irrita tanto os paizinhos e resolvem voltar para as suas vivendas na linha da Cascais, o CLACE extingue-se e o Alentejo passa novamente a ser considerado território inóspito português.


No PP, após obter a nivel nacional uma percentagem de votos inferior à alcançada pelo PNR junto da comunidade africana residente em Vale de Melhaços, Paulo Portas demite-se e decide dedicar-se à escrita, editando mais tarde, após alguns meses de reclusão no interior de um solário na Clínica Dermoestética, naquilo que segundo as suas palavras poderia ser considerada uma versão contemporânea do filme "Do cabaret para o convento", a sua auto-biografia com o título "Catherine Deneuve, do Parque Eduardo VII para a Assembleia da Republica".


Quanto ao PSD, após nova estrondosa derrota nas legislativas e depois de um artigo numa conceituada revista científica ter revelado que Manuela Ferreira Leite é nada mais nada menos que a múmia do antigo Faraó Egípcio Phaxisthotep, cujo regresso à vida, que por razões de conveniência por causa da hora tardia e desconhecimento científico não irei explicar como se processou, teria como objectivo tentar erguer do mundo dos mortos o Partido Social Democrata, optou em congresso extraordinário por, não havendo possibilidade de eleger um novo líder de mérito dada a escassez de tal sujeito, que cada militante escrevesse o seu nome num papelinho que seria depositado numa grande banheira, da qual posteriormente e antes de ser feito o sorteio do Euromilhões, a Marisa Cruz retiraria o nome do próximo líder do PSD. Ora para o PSD é igual e para o publico masculino sempre é uma oportunidade de ver novamente os seios da Sra. Vieira Pinto quando teve de se dobrar para retirar o dito papelinho.


Finalmente, e após falhar a almejada maioria absoluta, o PS, fruto de fortes críticas por parte dos apoiantes de Manuel Alegre, entra em convulsão interna. Sócrates amuado decide abandonar o país, sem aviso prévio, com o seu namorado Diogo Infante, num cruzeiro com destino à Califórnia, onde após 3 semanas a servir às mesas no Starbucks em L.A. é descoberto por um agente que lhe consegue um casting, onde Sócrates é escolhido para interpretar o papel de espantalho à procura de um cérebro num remake do sucesso de 1939 O Feiticeiro de Oz.

3 comentários:

Pandora disse...

ahahah! devias treinar esse talento para as ciências do oculto, até pq com o nosso curso é smp bom ter um plano B!
falando nisso, hj correu bem?

Henry Michkin disse...

Oh caríssima, correu bem melhor que o de psicometria pelo menos... ;)

China Girl disse...

Venho por este meio, dizer que "aprovo" o maluquinho em Paris! Devo acrescentar, que hoje em dia está bastante em voga tentar-se ser maluquinho e irreverente, o que acaba por ser vulgar e aborrecido. E, com isto, ainda digo mais! Gosto da nossa futilidade, das nossas compras e do "mocking" constante a edições literárias que nos atacam a vista! O meu joãozinho é sempre carismático coisa que se deve às minhas modestas influências. Bem, não venho aqui apontar o óbvio, né BÉBÉ? e agora uma "hint" para saberes quem é: Essa tua imagem de exibição do Clockwork Orange, surgiu duma noite na qual se deram as apresentações entre "johnnybravo" e "Alex", personagem Kubrickiana de minha eleição:) Já chegaste lá? ainda não? pronto pronto, deixemo-nos de merdas e de tentativas parvas de manter o suspense. Beijos da pin, porra! Quanto ao blog: "me like it"!